Archive for April, 2008

Sei que estou lendo um livro ótimo quando começo a poupá-lo. Me permito ler no máximo duas páginas de cada vez. Um livro bom, leio sem parar. Mas um livro ótimo, ah, esse eu leio a conta-gotas. O da vez é O encontro marcado, do Sabino. As pessoas que passam mais tempo comigo sabem da minha […]


Covardia

18Apr08

Não é uma coisa tão dramática quanto dizer que eu gostaria de ser o protagonista de Brilho Eterno de Uma Mente sem Lembranças. Eu não queria apagar as nossas boas lembranças. Queria lembrar mais frequentemente das ruins. Depois de um ano desejando o impossível, ele começou a se concretizar. Primeiro esqueci seus telefones. Agora pouco […]


Segunda-feira, em frente à faculdade: Pessoas distribuindo revistas. Um rapaz me oferece, eu recuso. Ele diz: – É que li na sua bolsa ‘livraria’ — minha bolsa é da Livraria da Travessa — e pensei que você gostasse de ler. – Pois é, mas já conheço sua revista — respondo. Quando na verdade, se mamãe […]


Há dez dias, venho me apaixonando cada vez mais por Hélio Pellegrino. Nosso encontro ocorreu apenas vinte anos após sua morte. Mas isso não atrapalha em nada. Apenas o fato de que não poderei conhecê-lo, ao menos não nesta vida. Já contei aqui que sou uma colecionadora de dedicatórias em livros. Ontem li uma que […]


I count your eyelashes, secretly.