Contabilidade por André Vicente

16Aug08

André Vicente costuma ter umas idéias geniais. Há alguns dias, ele teve uma das melhores:

Contabilidade

Hoje pensei na possibilidade de contratarmos institutos de pesquisa para a realização de um balanço individual sobre alguns dados de nossas vidas. Esse instituto contabilizaria como você despendeu de sua vida. Imagine se não seria legal se, após 24 anos, chegasse em minha casa um relatório dizendo:

André Toso, em sua existência, até o presente momento, o senhor leu X livros, assistiu X filmes, escutou X horas de música, dormiu X horas, gastou X tempo no banho. O senhor tomou X litros de cerveja, X litros de uísque e X litros de Coca-Cola. Comeu X quilos de comida e chorou X litros de lágrimas. Dessas, X litros foram desnecessárias e X litros foram vitais para que o senhor se transformasse no que é hoje. O senhor leu X poemas e escreveu, como jornalista, X caracteres. Falou X palavrões, sendo os mais usados o “puta que pariu” e o clássico “caralho”. O senhor beijou X mulheres sem sentir absolutamente nada por elas e X mulheres que significaram alguma coisa para o senhor. Apaixonou-se de verdade X vezes e sofreu por isso X horas.

Em seu último namoro, o senhor perdeu X horas com discussões estéreis sobre situações de ciúmes ou egoísmos sem sentido. Foram exatas X horas perdidas com tentativas de parecer melhor que sua ex-namorada, e vice e versa, por puro ego infantil. Vocês dois trocaram X palavras, se beijaram por X horas, fizeram sexo por X horas e simplesmente permaneceram em silêncio, contemplando um ao outro, por X horas. Entenderam-se por X horas, desentenderam-se por X horas, se amaram por X horas e se odiaram por outras X horas. O senhor a teve como a pessoa mais importante de sua vida por exatas X horas.

Nos últimos 288 meses, senhor André Toso, foram X idéias inteligentes que saíram de sua mente e X idéias estúpidas. O senhor mentiu X vezes e foi sincero X vezes. Mentiu para o senhor mesmo inacreditáveis X vezes. O senhor, mesmo que inconscientemente, pensou no suicídio X vezes e imaginou ser a pessoa mais feliz do universo X vezes. Foram X horas melancólicas, X horas eufóricas e X horas indiferentes. André Toso, o senhor perdeu X horas com bobagens e X horas com conjecturas temerosas do futuro que não se realizaram. Sua intuição lhe enganou X vezes e o auxiliou X vezes. O medo tomou conta durante X horas. A coragem contabilizou X horas.

Em resumo, foram X horas da vida que fizeram algum sentido para o senhor.

Obrigado pela atenção, em 24 anos enviamos a segunda parcial. Estamos de olho no senhor.

Advertisements


2 Responses to “Contabilidade por André Vicente”

  1. ADOREI.

    Se bem que seria meio assustador, não?…

  2. Eu gostei também.
    Mas acho que as horas desnecessárias são necessárias para um melhor aproveitamento dos momentos felizes. Eu não sei não se dá pra amadurecer sendo feliz o tempo inteiro. Já me falaram que rola, mas acho improvável =D


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: