Archive for December, 2008

Nossa vida cotidiana é bombardeada de acasos, mais exatamente encontros fortuitos entre as pessoas e os acontecimentos — aquilo que chamamos de coincidências. Existe co-incidência quando dois acontecimentos inesperados acontecem ao mesmo tempo, quando eles se encontram: Tomas aparece no restaurante no momento em que o rádio toca Beethoven. Na sua imensa maioria, essas coincidências […]


Next year

08Dec08

Se eu fosse contabilizar, provavelmente descobriria que passo ao menos 1/5 da minha vida evitando pensar nas pessoas que, por algum motivo ou outro, saíram da minha vida. No final do ano essa proporção sempre aumenta, talvez porque seja o mês do meu aniversário e eu tenha memórias mais marcantes em dezembro. Nessa semana, estava […]


Até que eu seja despedida por isso, decidi que vou continuar escrevendo tranqüila com trema, e pára com acento (quando for o verbo) e enjôo com chapéuzinho. Reforma ortográfica é para os fracos.