Archive for July, 2009

Na falta da sua foto, vai a dela Once I wanted to be the greatest No wind of waterfall could stall me And then came the rush of the flood, stars of night turned deep to dust Melt me down into big black armour Leave no trace of grace, just in your honour Lower me […]


Counting all different ideas drifting away Past and present, they don’t matter, now the future’s sorted out Para quem só consegue pensar no agora e não consegue olhar a longo prazo, o quadro maior, o que realmente importa. Para quem não tem paciência. Para quem não entende que momentos ruins podem durar muito, mas um […]


O último poema

03Jul09

Assim eu quereria meu último poema, que fosse terno dizendo as coisas mais simples e menos intencionais, que fosse ardente como um soluço sem lágrimas, que tivesse a beleza das flores quase sem perfume. A pureza da chama em que se consomem os diamantes mais límpidos. A paixão dos suicidas que se matam sem explicação. […]